Supernatural S11E02 – Form and Void |Review

“Velma, isto não é Scooby Doo, ok? Então cale a boca ou vai embora.”

“Calma, tigrão! Só estou tentando ajudar. E estou muito mais para Daphne.”

spn 1102

Ola Hunters! Nova semana, novo episódio e cá estamos nós outra vez comentando o episódio.

Muita coisa aconteceu neste episódio, o que é bom, mas a temporada está bem morna ainda, temos uma grande promessa com a Escuridão, mas sabemos que tudo depende de como será levado nos próximos episódios.

Enquanto Dean banca o paizão e leva Amara e Jenna para um lugar seguro, Sam luta para descobrir uma cura contra os efeitos da tempestade negra que deixa as pessoas com problemas de raiva, consequentemente os transforma em assassinos a sangue frio e também em uma bomba relógio, já que a infecção mata os hospedeiro. Após tentar ajudar um homem com o mesmo problema, Sam acaba cruzando com uma nova Ceifeira no hospital a marrenta Billie que lhe dá um aviso e uma dica preciosa; O aviso é que acabou a brincadeira de morrer e ressuscitar, se Sam ou Dean morrerem de agora em diante serão mandados para o vazio, de onde ninguém volta. A dica o bom moço só percebe em seus momentos finais de consciência e do episódio, o óleo sagrado junto ao fogo queima a infecção mistica acabando com os sintomas.

Uma das melhores coisas do episódio foi Dean e Crowley, o rei do inferno sempre traz um tom a mais de deboche ao episódio, junto ao humor acido de Dean temos um mix sempre muito bom, enquanto Dean discute com Crowley que se passa por padre e diz ter um trato com alguns deles, Amara, a bebê escuridão, não só faz com que Jenna a alimente, mas também com que a moça assassine a própria mãe para fazer isso, afinal a garota se alimenta de almas. Numa cena digna de Crepúsculo a menina tem um salto de crescimento e foge enquanto Dean e Crowley trocam porradas.

Castiel, ainda preso, é torturado pela localização dos irmãos Winchesters, enquanto resiste bravamente o anjo acaba sendo resgatado por Hannah, nossa velha conhecida, porém percebe que a moça participa do plano de seus irmãos. Depois de perceberem que Cass não diria nada resolvem, com a tecnologia angelical, hackear o cérebro dele. Hannah, que desde o começo se mostrou contrariada ao plano, tenta ajudar Castiel e acaba sendo espancada e morta em sua frente, o que liberta a fúria causada pela maldição colocada por Rowena e nos rende uma bela cena do anjo lutando contra os seus algozes.

Após se livrar da infecção, Sam ajuda os outros e volta ao Bunker com Dean onde encontram Castiel pedindo por socorro, já Crowley resolve agradar Amara/Escuridão levando a ela um banquete.

“Quer doce criança?”

Se tem uma coisa que da um tom demoníaco a algo são crianças possuídas, mas aqui ainda ficou a desejar, podiam fazer um WorkShop com as crianças de The Whispers.

O que achou do episódio? conta pra gente nos comentários!

Até a próxima semana, fiquem com a promo do próximo episódio:

Por Bruno Maciel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s