Jessica Jones: Primeira Temporada | Review

jessica j capa

A segunda série da parceria Marvel eNetflix traz um ótimo reforço para o cânone cinematográfico e televisivo da Marvel. Jessica Jones teve sua primeira temporada completa disponibilizada na Netflix no dia 20 de novembro e desde então vem recebendo ótimas criticas.

A série começa mostrando quem é Jessica (Krysten Ritter), qual o seu mundo. em sua primeira aparição a vemos jogar um cara pelo vidro da porta de seu apartamento, mostrando para o que veio. Jessica é uma detetive particular que vive no bairro de Hell’s Kitchen, o mesmo lar de Demolidor, Matt Murdock (Charlie Cox), se é que podemos chamar esse bairro de lar. Na série, ela sofre de um trauma que passou com o vilão principal da história, Kilgrave, o Homem-Purpura (David Tennant).

Kilgrave se mostra um dos melhores vilões de todo universo Marvel, ou um dos mais complexos, pelo menos, sádico, egocêntrico, manipulador e britânico, Kilgrave causa o caos em Hell’s Kitchen, seus poderes vêm de um vírus que são ativados a partir do ar quando ele ordena alguém a fazer algo, e ninguém é capaz de desobedecer, menos Jessica que no decorrer da série descobrimos que havia criado uma resistência há anos atrás.

No passado Jessica foi obrigada a trabalhar com Kilgrave, graças a seus poderes ele a ordenava que fizesse coisas horríveis e abusava dela continuamente, certa vez ele  ordenou a ela e outra mulher que procurassem um pen-drive que continha informações de sua infância e logo em seguida faz com que Jessica matasse a outra, depois descobrimos que essa mulher é a falecida esposa de Luke Cage.

A história é centrada em Luke Cage e Jessica no começo, ela o observa em seu apartamento, acaba se encontrando com ele em seu bar e em pouco tempo acabam transando pela primeira vez. a primeira cena é contida, há receio da parte dos dois já que ambos não sabem que o outro possui poderes e temos até um alivio cômico quando Jessica diz “Você não vai me quebrar” e Luke replica “Vou sim”.

Jessica investiga um caso de desaparecimento logo no começo da série, uma garota, Hope Shlottman, que fugiu da casa dos pais,  amigos dizem que ela arranjou um novo namorado, no inicio Jessica presume ser apenas um caso normal, quando na verdade descobre que Kilgrave é o responsável por aquele ato. Jessica encontra a garota na cama e a leva a força, já que Kilgrave ordenou que ela ficasse lá. No final desse episódio vemos a família entrar no elevador com sua filha, quando tudo parecia bem, a garota saca uma arma e começa a atirar em seus pais, ninguém consegue comprovar sua inocência após esse ato, porém todos sabemos quem é o verdadeiro responsável.

Um dos pontos importantes da série é o desenvolvimento de Malcon que começa como um drogado que não consegue acertar qual seu apartamento, e depois se torna um excelente personagem, no começo ele estava sendo controlado por Kilgrave para espionar Jessica, mas, com o passar da série nossa heroína descobre e Malcon é reabilitado e cria um grupo de apoio para aqueles que já foram controlados por Kilgrave.

Outro ponto interessante na história é o desenvolvimento de Jeri Hogarth (Carrie ane Moss), uma advogada lésbica que está se divorciando e pretende se casar com sua nova namorada, o que cria uma tensão bastante interessante para a série, e ao procurar uma advogada Jessica sempre recorre a ela, quando o que os fãs mais queriam e que ela recorresse a Matt Murdock.

Temos presente na série também, Trish Walker (a melhor amiga de Jessica, que nos quadrinhos é conhecida como a heroína Felina. No decorrer da série vemos ela desenvolver um interesse amoroso pelo policial Simpson que tenta matá-la no primeiro encontro, controlado por Kilgrave, o policial tenta se redimir e os dois se tornam um casal.

Simpson tem um desenvolvimento bastante interessante na história, ele começa como um policial controlado por Kilgrave, que iria se matar caso Jessica não aparecesse, depois se torna o namorado de Trish Walter e deseja ajudar a derrotar Kilgrave, até que fica obcecado por isso, e graças a um comprimido de adrenalina utilizado em sua época do exercito acaba ficando agressivo e é morto pelas mãos da própria Trish que usa o mesmo medicamento que ele.

Kilgrave fica com as melhores cenas da série, sempre recheadas de Sadismo, loucura e elegância, o vilão é um dos pontos mais fortes da história.

Luke tem uma participação recorrente e inclusive dois confrontos diretos com Jessica, um primeiro ao descobrir que ela é responsável pela morte de sua esposa, mas ele se controla e o segundo quando ele é controlado por Kilgrave e mostra toda a sua força em uma batalha espetacular.

Rosário Dawnson também faz sua participação na série ajudando a salvar Luke Cage depois que Jessica enfia uma bala na sua cabeça, causando alguma especie de traumatismo, já que sua pele é impenetrável. Rosário cria a ponte entre ela e Demolidor, citando o herói e até mesmo oferecendo a ajuda dele para Jessica, porém ela diz que deve fazer aquilo sozinha.

Nas cenas finais da série Kilgrave rapta todos os que fazem parte do grupo de apoio de Malcon e ordena que eles se enforquem, Jessica impede que isso aconteça e tem um confronto direto com o vilão que rapta Trish. Jessica finge ser manipulada por ele no final, mas usa isso apenas para quebrar seu pescoço dando um fim ao vilão, ou será que ele volta?

Na cena final, vemos Jessica ouvir as mensagens de seu celular e novos casos surgem para ela.

Jessica Jones teve um excelente aproveitamento, porém não explora tanto os poderes da heroína. Vemos muitas referências ao incidente ocorrido em vingadores e a outros personagens da Marvel, fazendo a alegria dos fãs.

Não percam a próxima série da Netflix, Luke Cage e uma possível segunda temporada de Jessica Jones!

Por Davi Cruz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s