Grey’s Anatomy S12E15 – I’m not wating anymore | Review

greys1-1024x576

Parece que certo e errado nem sempre é tão preto no branco, não é?

“I’m not waiting anymore” mostra como uma coisa certa para alguém pode se mostrar errada para o outro, e vice versa. O início retoma um pouco do finalzinho do episódio passado para mostrar o momento em que Arizona conta a Jackson sobre a gravidez de April, logo antes de esta entrar na sala e descobrir que a cirurgiã pediátrica, tentando fazer o bem, acabou errando ao precipitar uma briga entre o ex-casal. Então, Arizona deixa os dois no início da conversa, mas Dra. Kepner é chamada para uma emergência e diz a Jackson que não é a hora certa de ter aquela conversa. Só depois que ela sai da cirurgia é que eles tem a oportunidade de conversar, mas Jackson, por impulso, despeja gritos em cima dela, na frente de vários funcionários do hospital. É nesse momento que Webber intervém e impede uma briga maior.

April se refugia em uma sala, desamparada e chorando, e Owen ouve os motivos de não ter contado anteriormente: era uma tentativa de proteger o bebê, mas ela sente como se tivesse estragado tudo. Ele a consola dizendo que ter esse bebê é um milagre, e consegue dar uma levantada no humor dela.

Enquanto isso, uma novidade: Meredith está nos preparativos para sair com o médico bonitão que a confrontou no episódio passado. Ela aceitou o convite, mas avisou de cara que poderia mudar de ideia. Indecisa sobre o que fazer e como se vestir, conversa um pouco com Callie logo antes de entrar em uma cirurgia de longe duração. Logo se percebe que ela está nervosa com a situação e parece não mais saber lidar com flertes e novos relacionamentos.

Jackson procura April quando ela está em casa e os dois pedem desculpas pelos respectivos erros. Quando achei que a situação ia ser resolvida, ele perde a cabeça novamente quando fica sabendo que ela não ia se submeter a testes e grita novamente. Então, April toma as rédeas da discussão e diz que eles estão separados e que ele não tem direito nenhum de dar opinião sobre o que fazer durante a gravidez, terminando a discussão ao bater a porta na cara dele.

Durante a cirurgia de 17 horas, Meredith pede a Wilson que desmarque o seu encontro (é aquela confusão interior, “quer, mas não quer”). Alex diz a ela que é estranho conhecer uma pessoa nova, mas que ela deve superar da mesma forma. Quando ela sai do bloco, vê que Thorpe a espera na sala de recepção e ele acaba levando-a para casa, tendo um encontro dentro do carro.

Não sei se esse caso/relacionamento entre Grey e Thorpe durará, mas parece que vai abrir portas para que ela conheça outras pessoas. Espero que ele não cause nenhum dano e que ela continue seguindo em frente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s