The Vampire Diaries S07E10 – Hell is Other People

TVD 710 capa.png

Que The Vampire Diaries sabe como fazer um bom Flashback nós já sabemos, mas o que não esperávamos é que o inferno de Damon fosse ser tão incrível.

Não, não terá discussão, não terá grandes avaliações psicológicas, simplesmente tenho que dizer, se em algum momento do episódio você sentiu sono, ficou sem entender nada, principalmente do que se tratou a vivência de Damon dentro da pedra da Fênix, você precisa analisar com atenção o episódio, o personagem, a série e sua vida.   

Acompanhamos no episódio Damon preso em um Loop eterno, nos primeiros momentos, o episódio tem tudo para se tornar maçante, mas ele desvia e nos joga em um dos episódios mais incríveis desta temporada. Quando o Salvatore se vê acordando novamente na guerra, percebe que não está realmente no mundo real, ele sai em missão em busca de voltar para casa e encontrar Stefan. Após uma sequencia desastrosa, Damon se vê sendo trazido de volta ao mundo real por Bonnie, após alguns momentos percebemos que o Salvatore não saiu tão facilmente da pedra. Então ele acorda novamente e mais um dia começa. Ele começa a pensar ter descoberto um padrão, mas a cena continuar a ter um desfecho diferente, o gatilho para recomeçar o dia é matar seus amigos, só para então recomeçar tudo de novo.

Lidar com sua magoa, ressentimento, com seus sentimentos, esse é o pior para Damon, uma das cenas mais tocantes, por exemplo, é quando ele precisa escolher salvar Lily ou não. Finalmente ele desabafa, e se tem algo que os roteiristas de TVD sabem é como fazer o Damon ter diálogos inteligentes e frases marcantes quando deixa seu lado humano transparecer na mascara de vampiro amargurado.

Lily: Porque?

Damon: Porque você tirou de mim a única coisa que me fez feliz, porque você não foi forte o suficiente para deixar seu marido, porque você adoeceu e nos deixou, porque você nunca voltou. Eu odiei você porque você pode voltar tantas vezes, mas você nunca fez isso.  Eu perdi você pela primeira vez quando o pai mandou você embora com tuberculose, e depois nós trouxemos você de volta do mundo prisão, então eu perdi você novamente para sua outra família, e agora estou perdendo você para a morte. Três vezes eu perdi você. Três vezes eu tive a oportunidade de dizer tudo que eu quis a você, eu quiz dizer a você e as três vezes eu arruinei tudo.

Lily: Oh, meu… Meu doce garoto… Ainda há tempo, diga-me. Diga me o que você quer dizer, diga-me.

Damon: Mãe, Eu sinto muito, eu sinto muito, me dê uma chance de fazer isso certo, me dê uma chance para deixar você me amar, okay?

E esse, é o Damon que queremos ver, não precisamos mais daquele Damon que sai arrancando cabeças por qualquer coisa, ele evoluiu, aprendeu a pensar, apesar de não gostar, aprendeu a sentir outra vez. Damon sempre fez aquilo que achava certo mesmo estando errado, ele nunca foi vilão, só não traçou um caminho certo. São tantos sentimentos por esse personagem que tá difícil fazer dessa review um texto consistente e talvez imparcial, então vamos encerrar?

No finalzinho do episódio vemos Damon ser trazido de volta por Bonnie. Stefan, Caroline e Matt estão todos ali reunidos. Então ele tendo acabado de conversar e perder Lily mais uma vez, continua repetindo “isso não é real, eu preciso voltar”. Então simplesmente mata todo mundo. Porém ele não se vê acordando novamente para mais um dia nostálgico na Pedra Fênix.


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s